quinta-feira, junho 04, 2020
Siga-nos

Gerais

Gerais

.A turma F4A da Escola Básica da Feitosa, do Agrupamento de Escolas António Feijó, alcançou um honroso terceiro lugar na sessão final das Olimpíadas de Educação Financeira, uma iniciativa da Fundação Cupertino de Miranda.
Na impossibilidade de realização presencial, face ao surto de Covid-19 e seguindo as recomendações da Direção Geral de Saúde, Governo e da OMS, o apuramento dos resultados das Olimpíadas de Educação Financeira decorreu via online, apurarando as turmas vencedoras através dos resultados obtidos no jogo online.

O troféu foi enviado por correio para a escola, juntamente com t-shirts para os alunos e para o Professor.
Foram várias as turmas do agrupamento que participaram nesta iniciativa, à qual o Município de Ponte de Lima se associou, que visa "transmitir aos alunos do pré-escolar, ensino básico e secundário conhecimentos de educação financeira, para que se consciencializem da importância do dinheiro e possam adquirir competências que lhes permitam a tomada de decisões corretas e informadas no futuro, contribuindo para que sejam consumidores mais responsáveis".

Parabéns aos alunos, professor titular e respetiva escola!

Gerais

Iniciam-se hoje as atividades comemorativas do Dia do Patrono do Agrupamento António Feijó, que visam dar a conhecer a vida e a obra do poeta e diplomata nascido em Ponte de Lima. Grande parte das iniciativas decorrerão online, através desta página eletrónica e da página do agrupamento no Facebook, onde se darão a conhecer depoimentos de figuras locais da cultura, poemas de Feijó e outras curiosidades sobre a sua obra.

Convidamos toda a comunidade educativa, limianos em geral e todos os que apreciam a obra de António Feijó a associarem-se a estas comemorações que culminarão no dia 1 de Junho, data em que se comemora o aniversário natalício do poeta, com a deposição, pelas 11h00, de um ramos de flores junto do monumento do poeta.

Gerais

O Agrupamento de Escolas António Feijó vai assinalar, no próximo dia 1 de Junho, o Dia do Patrono, recordando a grande personalidade das letras e diplomata, nascido em Ponte de Lima a 1 de junho de 1859, autor da letra do Hino de Ponte de Lima que o acompanha junto do monumento, erigido em sua memória, inaugurado a 1 de junho de 1938, 21 anos passados da sua morte, ocorrida a 20 de junho de 1917, em Estocolmo onde exercia funções de diplomata.
Será precisamente no monumento a António Feijó, erigido na Avenida com o seu nome, que terá lugar a única cerimónia de rua, onde no dia 1 de junho, pelas 11 horas, um grupo reduzido de professores, alunos e autoridades locais, respeitando o distanciamento social, deporão um ramo de flores, gesto já tradicional pois, ano após ano, tem sido esta uma das formas que o Agrupamento privilegiou para lembrar a vida e obra do seu patrono e figura de proa das letras limianas e nacionais, autor, entre outras obras, de Transfigurações (1862), Líricas e Bucólicas (1884), Cancioneiro Chinês (1890), Ilha dos Amores (1897), Bailatas (1907), Sol de Inverno (1922) e Novas Bailatas (1926).
Através da página eletrónica do Agrupamento (http://www.agvaf.edu.pt/) e da página no Facebook (https://www.facebook.com/aeantoniofeijo/) serão publicados, a partir do dia 25 de maio, depoimentos escritos e em formato vídeo, de figuras públicas limianas, professores e alunos, estes através da declamação de alguns dos poemas de Feijó.
As comemorações arrancarão com a divulgação pública de um documentário, realizado e produzido por alunos e professores da Escola Básica António Feijó, estreado nas comemorações do Dia do Patrono de 2019.
A comunidade educativa e todos os limianos, residentes no concelho ou espalhados pelo Mundo são desafiados a acompanhar as iniciativas programadas, ficando a conhecer melhor e a homenagear um dos maiores vultos da nossa terra.

Gerais

O Agrupamento de Escolas António Feijó e a Academia de Música Fernandes Fão oferecem o Regime de Ensino Articulado. Este sistema de ensino resulta de uma articulação entre as duas escolas, escola do ensino regular e a escola do Ensino Artístico Especializado. Tem como principal objetivo criar condições para que as Artes, em particular a Música, possam integrar a formação dos alunos de uma forma mais aprofundada, tornando-a assim mais
rica e completa.
A articulação entre ambas as escolas acontece ao nível dos horários e avaliações, contemplando o desenvolvimento de 3 disciplinas:
 Formação Musical (2 blocos semanais)
 Instrumento (1 bloco semanal)
 Classe de Conjunto (3 blocos semanais)
Este sistema de ensino é totalmente gratuito, estando o seu custo suportado pelo Ministério da Educação, ao abrigo do Contrato de Patrocínio que detém com a Academia de Música Fernandes Fão.

Para infromações complementares e inscrições, consultar a página eletrónica da AMFF.

 

Gerais

O Plano Ensino a Distância - E@D do Agrupamento de Escolas António Feijó entrou em funcionamento no início do 3.º Período e tem como grande objetivo manter todos os alunos em contacto com os respetivos professores, recebendo e enviando a documentação/atividades que lhes são propostas, através dos meios digitais ou, para aqueles alunos que não os possuem, em papel através das juntas de freguesia.

Todas as juntas de freguesia da área pedagógica do Agrupamento António Feijó, designadamente Anais, Arca e Ponte de Lima, Beiral do Lima, Boalhosa, Feitosa, Fornelos e Queijada, Gandra, Gemieira, Gondufe, Rebordões Santa Maria, Rebordões Souto, Ribeira, Santa Cruz do Lima, Serdedelo e ainda a freguesia da Seara disseram imediatamente presente quando o desafio lhes foi lançado pelo Diretor do agrupamento. Desta forma, cerca de 50 alunos destas freguesias têm à sua disposição, à sexta-feira ou durante o fim-de-semana, o plano de trabalho, atividades e documentação relativos à semana seguinte. Da mesma forma, os professores recebem os materiais produzidos pelos alunos, relativos à semana anterior, a cada segunda-feira.

Este trabalho de articulação e generosidade das juntas de freguesia é fundamental para o sucesso da implementação do Plano de Ensino a Distância do agrupamento, não deixando qualquer aluno à margem de um processo que teve que ser idealizado e montado num curto espaço de tempo.

Entretanto, com o empréstimo de computadores e routers para acesso à internet, disponibilizados pelo Município de Ponte de Lima, estão a ser ultrapassados uma parte significativa destes problemas, subsistindo aqueles onde se verifica que os recursos em papel são mais eficazes, do ponto de vista do trabalho e da articulação professor/aluno.

Por isso, em nome do agrupamento e de todos os beneficiados com este verdadeiro trabalho de equipa, deixamos expresso o nosso profundo agradecimento.

Entrar ou Registar-se