terça-feira, maio 11, 2021
Siga-nos

Biblioteca

Biblioteca

Na 10ª. sessão temática da nossa Escola de Pais, propõe-se uma original visita guiada ao nosso concelho e ao seu património material e imaterial, pelo olhar do Doutor Gonçalo Marques.

Nesta sessão, serão exploradas algumas potencialidades do Património Histórico e Cultural limiano como ferramenta de valorização e aproximação identitária, tendo por base o fomento de sinergias casa-família-meio-comunidade educativa e a sua cada vez maior relevância em contexto escolar, nomeadamente entre os 3 e os 12 anos.

A sessão é já na próxima segunda-feira, dia 26 de abril, pelas 19h.

 

Nota biográfica do Formador:

Gonçalo Marques é Professor do Instituto Politécnico de Viana do Castelo e Investigador Integrado do CITCEM - Universidade do Porto (grupo de educação e desafios Societais). Doutor em História pela FLUP. Pós Doutorado em Ciências da Educação pela Universidade do Minho. A sua investigação incide nos estudos sobre o Património Histórico e Cultural, a Didática da História e do Estudo do Meio, bem como a valorização educativa, social e comunitária dos recursos identitários. Dentro desta área é membro do conselho científico de várias publicações e tem editado vários livros, capítulos e artigos especializados nestas áreas.

Biblioteca

Num tempo de incertezas e constante necessidade de adaptação como é o nosso, o papel dos educadores cresce tanto em relevância como em dificuldade, exigindo, por isso, uma formação constante e mais aprofundada. Daí advém que a questão das literacias seja tão abordada quer pelos agentes pedagógicos quer no meio familiar. 

De entre elas, destaca-se a Literacia Financeira, esquecida que foi em tempos de aparente abundância para regressar em tempos de crise como área de formação considerada essencial, face aos desaires económicos que a sociedade vem atravessando. E como é de pequenino que se começa a aprender a vida, eis que escola e família se vêm preparando para ajudar os pequenos educandos a adquirir comportamentos que os ajudem a perceber o bom uso do dinheiro, de maneira a que, mais tarde, se possam assumir como cidadãos financeiramente saudáveis.

Foram estes os pressupostos que presidiram à seleção dos conteúdos a abordar nesta sessão. Pretende-se chegar a orientações muito concretas, que contribuam para a adoção de atitudes e procedimentos financeiros adequados e que funcionem como alicerces de um comportamento adulto financeiramente responsável.

Partiremos, então, em busca de um equilíbrio entre a lida e a farra, comportamentos personificadas nuns simpáticos insetos que há séculos nos vêm falando de finanças, cada um à sua maneira. Veremos se, finalmente, vão conseguir entender-se. 

A sessão Literacia e Poupanças terá lugar no próximo dia 22 de março e será dinamizada por Conceição Vicente, coautora dos Cadernos de Literacia Financeira. 

Nota Biográfica da Formadora:

Licenciada em Filologia Românica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde fez também o Curso de Ciências Pedagógicas. Foi professora de Francês e de Português (2.º e 3.º ciclos); exerceu diversos cargos no âmbito da gestão escolar e da articulação curricular e esteve durante vários anos ligada à formação de professores, como orientadora de estágio. É autora de vários livros no âmbito dos materiais de apoio ao estudo de Português (2.º e 3.º ciclos), publicados pela Porto Editora, e também dos Cadernos de Educação Financeira (1.º, 2.º e 3.º ciclos), projeto da Direção Geral do Ensino (ME), no âmbito da Educação para a Cidadania. Como autora de literatura infantojuvenil, conta com catorze títulos publicados (cinco no PNL) e participação em sete antologias. Recebeu o Prémio Tabula Rasa – 1.º Festival Literário de Fátima, na categoria de Literatura Infantojuvenil, pelo seu livro Do querer ao ter há muita conta a fazer, ed. Trinta Por Uma Linha. Presentemente é colaboradora da revista A Casa do João.

Biblioteca

A aluna Bruna Alves, da Escola Básica da Feitosa, foi a grande vencedora do Concurso Concelhio de Leitura, no escalão destinado ao 1.º Ciclo do Ensino Básico. Neste mesmo escalão, o aluno Gonçalo Silva, da mesma escola, obteve o segundo lugar.

No esclação destinado ao 3.º Ciclo do Ensino Básico, a aluna Diva Cruz, da Escola Básica António Feijó, ficou no segundo lugar.

Todos estes alunos, pela posição obtida, qualificaram-se para a fase interdistrital do Concurso Nacional de Leitura, que terá lugar em Ponte de Lima no dia 9 de abril.

Biblioteca

Na próxima segunda-feira, 8 de março, vamos refletir sobre o lugar da tecnologia na vida dos nossos filhos. Esta sessão estará a cargo do Professor Rui Carvalho, professor bibliotecário neste  agrupamento.

"A tecnologia trouxe benefícios para a humanidade no que diz respeito à mobilidade e criação de novos ambientes de comunicação. Quando refletimos sobre o uso da tecnologia pelos jovens de hoje, observamos um aumento dos casos de agressões virtuais, em que adolescentes são humilhados e ofendidos nas redes sociais, expõem a sua intimidade na internet, gerando consequências muitas vezes irreversíveis.

Uma vez que o uso da tecnologia se encontra cada vez mais generalizado (e em crescendo) entre os atores escolares, cresce a necessidade de ampliar o papel formador da escola, quer junto dos alunos, quer das famílias, reconhecendo as vantagens e os inconvenientes que podem advir do uso das tecnologias, problematizando questões e apontando caminhos possíveis."

Biblioteca

Em dia de Ponte de Lima, foram conhecidos os resultados da fase concelhia do Concurso Nacional de Leitura.

A cerimónia, realizada on-line, fruto das circunstâncias de todos conhecidas, juntou umas boas dezenas de participantes, e contou com a presença do Sr. Vereador da Educação, Dr. Paulo Sousa, que abriu o momento com uma ternurenta partilha: o Hino de Ponte de Lima, cantado por um grupo de crianças do Jardim de Infância.

Presidida pela Dra. Ana Carneiro, presidente do júri do Concurso, a cerimónia contou ainda com a participação dos demais elementos do júri, o Dr. Fernando Hilário, e a coordenadora interconcelhia da Rede de Bibliotecas Escolares, Dra. Raquel Ramos.

Professores bibliotecários do concelho e demais docentes envolvidos na iniciativa, alunos participantes, respetivas famílias e colegas de turma aguardavam expectantes o anúncio dos vencedores.

Foi, pois, com grande alegria que recebemos acolhemos a notícia de ver o agrupamento de escolas António Feijó a passar à fase seguinte do concurso, onde se fará representar por três alunos: dois 1º ciclo e um do 3º ciclo.

Muitos parabéns a todos os participantes, e especiais congratulações aos vencedores:

Bruna Bruna Filipa Pereira Alves, da EB da Feitosa (4.o ano), também vencedora do Concurso Concelhio de Leitura;

Gonçalo Guilherme de Sousa Duarte Silva, da EB da Feitosa (4.o ano);

Diva Cruz, da EB António Feijó (8º ano).

A fase intermunicipal terá lugar a 9 de abril, também em Ponte de Lima, e a prova terá por base as seguintes obras:

1º Ciclo

O Autocarro de Rosa Parks, de Fabrizio Silei e Maurizio A. Quarello

2º Ciclo

Não te afastes, de David Machado

3º Ciclo

Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carrol; Tradução de Carla Maia de Almeida; Edição Fábula.

Entrar ou Registar-se